Dear Zayn...

março 27, 2015 | | | 2 comentários:

Querido Zayn,

Eu adiei esse momento o quanto pude, porque eu sabia que eu só conseguiria escrever quando a ficha finalmente caísse. Mas até agora não caiu. Ainda estou chocada com o que eu li e ouvi dois dias atrás e fico me torturando o tempo todo, me iludindo, criando esperanças que talvez não mudem nada, criando momentos que talvez nem aconteçam. Eu nem sei direito o que fazer, mas estou aqui mesmo assim, porque não estou aguentando mais esse nó na minha garganta e o aperto no meu coração. Nunca pensei que esse momento seria tão difícil e muito menos que iria acontecer agora, mas não podíamos evitar. Você resolveu que seria melhor pra você seguir outro rumo, uma direção diferente da que estávamos seguindo, juntos, há quase cinco anos. 

Eu juro que estou tentando entender, juro que estou tentando apoiar sua decisão, mas está doendo muito e eu não consigo nem pensar que você realmente está indo embora. Não dá pra imaginar uma música sem a sua voz nela. Não dá pra imaginar quatro pessoas numa foto onde deveriam estar cinco. Não dá pra imaginar um show sem sentir o fôlego ir embora ao ouvir cada nota que sua voz alcança, a cada movimento que seu corpo faz no ritmo da música. Não dá pra imaginar não ver o seu sorriso tímido a cada palhaçada no palco. Não dá pra imaginar. A sensação de nunca mais me mata. Sei que é uma decisão que você tomou para o seu próprio bem e, pra mim, é o mais importante. Seria terrível pra mim saber que você está fazendo algo que há muito tempo já não te satisfaz mais, mas eu sei que você suportou o quanto pôde. Suportou por nós, pelos meninos e isso me faz te amar ainda mais. Tudo o que eu queria neste momento é saber que isso é só uma pausa, uma fase, mas no fundo eu sei que isso pode muito bem significar o fim de um sonho de anos. Não um sonho só seu, um sonho nossoSinto muito. Sinto muito que você esteja cansado disso. Sinto muito por eles terem roubado sua privacidade. Sinto muito se eu fui um deles. Sinto muito por nós não podermos ajudar. E eu sinto muito por você não se sentir importante o suficiente pra ficar. Você é.

Apesar de tudo eu quero que saiba que não importa o que aconteça, não importa o que você faça, nós estamos aqui. Eu estou aqui e estarei sempre. Porque, mesmo sem saber, você esteve aqui por mim e por milhares de meninas e meninos mundo afora. Esteve aqui nos momentos em que precisávamos de algo para nos distanciar do mundo e dos problemas. Uma música e sua voz estava lá, serena, acalmando todos nós. Esteve aqui pra nos fazer rir quando tudo o que queríamos fazer era chorar e nos isolar. Mesmo estamos milhares de quilômetros, você ajudou. Mesmo seguindo um caminho diferente, quero dizer que você vai continuar sendo o nosso Zayn. O rapaz da voz perfeita, das melhores notas. O rapaz que era fechado, calmo e tímido. O rapaz que sempre colocou a família em primeiro lugar e sempre foi muito grato por tudo que fizemos. Aquele garoto pequeno de Bradford por quem nos apaixonamos no primeiro olhar. Você está indo agora, mas é importante dizer que com você estás levando um pedacinho de cada uma de nós. 
Estaremos aqui para Harry, Niall, Louis, Liam...

E PRA VOCÊ.

Mini Imagine - Harry Styles

março 06, 2015 | | | 2 comentários:

Você sabe o que é bom sobre sonhos? 

É que você pode estar com quem é impossível estar na vida real. Você pode estar onde e quando quiser, porque tudo é possível nos meus sonhos. E no meu, estou sempre com vocêNos meus sonhos eu sou a garota para quem você aponta do palco, porque você quer que todos a vejam. Você canta aquela música que te faz lembrar de mim e me olha como se apenas eu estivesse lá. Nos meus sonhos eu posso ter você por quanto tempo eu quiser; então eu posso ter você para sempre, porque nos meus sonhos, tudo é simples. 

E também podemos ser jovens para sempre, porque eu posso parar o tempo. E é por isso que eu nunca tenho medo de perder você e me sinto a garota mais sortuda quando você segura minha mão na pista de gelo, com o sorriso mais lindo de todos, enquanto ao nosso redor a pessoas nos olham somo se fôssemos o centro do universo. E a distância não existe nos meus sonhos, porque eu tenho tudo o que quero. Eu tenho vocêToda a noite você pega o seu violão e canta pra mim aquelas músicas que ninguém mais ouviu antes. Aquelas que você compõe quando está longe, naquela agenda que apenas eu posso ler. Nos meus sonhos, se queremos fugir, você me leva para um lugar que apenas nós conhecemos. Então podemos literalmente desaparecer. E nos meus sonhos eu não preciso sonhar, porque tudo o que eu sonho é real.

Mas você sabe o que é pior sobre sonhos?

É que mesmo que tudo pareça eterno, eles não são. E fora deles nós não somos reais. É tudo feito na minha cabeça. Na vida real, eu não posso estar com você e, na verdade, eu te vejo á distância, enquanto você aponta para a multidão que grita o seu nome. E eles sentem por você exatamente o mesmo que eu. Precisar tanto de você me destrói e me deixa ainda pior saber que não, eu não posso parar o tempo. E eu sinto que o universo está girando rápido demais e odeio não poder controlar isso, porque o mundo não espera que as coisas aconteçam. O tempo simplesmente não espera.

Uma em um milhão.
É o que eu sou.

Quando eu te conhecer, viverei como se fosse a última vez, porque eu não sei quando o verei novamente. Nunca, talvez. Fora desses sonhos eu não... Eu não tenho vocêMas sabe de uma coisa? O fato de não poder ter você me faz perceber que eu nunca poderei te perder. As coisas são exatamente o que são. Nos meus sonhos.

Olá pessoinhas.
Voltei mais uma vez com esse "imagine" com o Harry. Bom, para esclarecer as coisas, não fui eu quem escrevi essa belezinha. A primeira vez que vi esse texto ele estava escrito em inglês, num vídeo de uma garota maravilhosa do YouTube: 4everfanjonas, então todos os créditos são para ela. Espero que tenham gostado desse texto tão realista. Fiquem com Deus xoxo

Moments: Capítulo Seis

fevereiro 23, 2015 | | | Nenhum comentário:

Dora Devine

Tudo o que eu queria naquele momento era que parassem de me olhar daquela forma. Era tão ruim assim ter que fingir um relacionamento com alguém que eu odeio pra me livrar de um namorado, digo, ex-namorado pela saco? Eu acho que não. E também não é como se eu fosse passar minha vida inteira fingindo. Foi só hoje. Por isso, eu inventei que precisava fazer uma visitinha ao banheiro para tentar fugir, nem que por alguns segundos, daquele constrangimento todo. Argh, era muito embaraçoso!

Moments: Capítulo Cinco

fevereiro 17, 2015 | | | Nenhum comentário:

Dora Devine

Eu não fazia a mínima ideia do que usar para ir a lanchonete. Essa sem dúvidas é a parte mais difícil do meu dia, pois era sempre Giovanna que me arrumava, que me dizia que blusa ficava legal com tal calça e que sapato eu deveria usar. Mas ela não está aqui agora e eu terei que correr o risco de sair, no mínimo, parecendo uma louca.


— Dora? - ao ouvir a voz de Josh me chamando do outro lado da porta, eu rapidamente a destranquei, deixando-o entrar. 
— Meu Deus, o que aconteceu com seu cabelo? - questionou gargalhando assim que entrou no quarto. Revirei os olhos.
— Eu acabei de acordar, queria o que? Sou a Megan Fox não, filho. - falei e ele ergueu uma de suas sobrancelhas.

Mini Imagine - Louis Tomlinson

janeiro 30, 2015 | | | Nenhum comentário:

Doncaster

— Pronta? – Liam berrou do andar debaixo.

— Só um minuto! – respondi me olhando no espelho, e girando levemente pros lados.

Eu estava bem bonita, era verdade. O vestido curto, colado e preto que eu usava havia caído muito bem. O meu cabelo caia solto nas costas e a maquiagem era leve e bonita, mas devo admitir, eu tinha caprichado na boca. Eu e os meninos íamos para a festa de aniversário de Lottie, irmã de Louis e seria algo como uma balada. Eu desci as escadas tomando cuidado para não tropeçar nos próprios pés usando salto e então vi os garotos, que sorriram pra mim. Harry assoviou.


Lendo Pelo Celular?

janeiro 29, 2015 | | | Nenhum comentário:

HEY! 

Eu sei que existem muitas pessoas que gostam de ler fanfic pelo celular e como é difícil acessar alguma página num blog como esse. Pensando nisso, eu resolvi criar esta página e facilitar a vida dos leitores que usam celular. Bem pensado, huh? Bom, os links estão aqui embaixo, então é só clicar e você logo será direcionado a página desejada, okay? 

FANFIC CHASING DREAMS — clique
FANFIC O QUE TE TORNA LINDA — clique
FANFIC MOMENTS — clique
FANFIC JUST ONE MORE STORY — clique
FANFIC BAD GIRL — clique
IMAGINES — clique

Bom proveito!

Moments: Capítulo Quatro

janeiro 28, 2015 | | | Nenhum comentário:

Dora Devine

— Dora, promete pra mim que vai ligar todos os dias?
— Prometo.
— E que nunca, nunca vai se esquecer de mim?
— É meio impossível esquecer de você, Giovanna. - dito isso, recebi um sorriso largo e vários beijos na bochecha. Um atrás do outro.
— Querida! - minha mãe exclamou assim que Giovanna largou meu pescoço aos prantos. Eu sabia que dona Helena iria chorar aqui, mas eu realmente não queria que ela fizesse isso em público, apesar de essa situação ser bem normal num aeroporto.

O que te torna Linda - Terceira Temporada - Capítulo Dezoito

janeiro 26, 2015 | | | Nenhum comentário:

'Seunome Brown'

Fiquei olhando para Camila enquanto ela falava, torcendo para que aquele plano dela desse certo e tudo voltasse ao normal. Harry estava ao meu lado, com suas mãos contra as minhas, apertando e, de vez em quando, acariciando. Apesar de estar gostando muito daquela sensação, fiquei pensando no que minha mãe diria se visse uma coisa dessas. Bom, se ela viu, resolveu ignorar, o que é bom, certo?

Moments: Capítulo Três

janeiro 25, 2015 | | | Nenhum comentário:

Dora Devine

A cada segundo que eu passava encarando aqueles olhos castanhos, meu coração palpitava mais, denunciando minha ansiedade. Ele me encarava carinhosamente e em seus lábios, eu podia ver um sorriso, um pequeno sorriso, mas o que importava neste momento era a causa desse sorriso: eu. 

— Eu nem acredito que finalmente estou aqui. Com você. - falei com um sorriso largo nos lábios, vendo-o vir em minha direção e segurar meu rosto entre suas mãos, enquanto sorria abertamente, com os olhos mais brilhantes que um diamante.
— Eu é que não acredito que finalmente tenho você. - e em seguida, nossos lábios foram colados, fazendo meu estômago revirar numa junção de vários sentimentos misturados. 

Mini Imagine - Zayn Malik

janeiro 24, 2015 | | | Nenhum comentário:

Londres

Desde muito pequena eu tinha um jeito diferente de todas as outras crianças. Um exemplo disto eram as sextas feiras que, na escola, era dia do brinquedo e ao contrário de todas as meninas que levavam seus pares de Barbie e Ken, eu preferia levar minha coleção de lápis de cor e criar histórias em quadrinho, o que para todos os meus colegas era uma completa besteira.